BLOG | UNAPEL

Como saber empregar os implementos agrícolas na sua fazenda?

Implemento agricola

Na atividade agrícola, o produtor precisa otimizar as atividades da sua produção. Em muitas fazendas, o emprego de implementos agrícolas torna as operações com os tratores mais dinâmicas e práticas. Esse trabalho aliado ao uso de máquinas agrícolas melhora ainda mais o desempenho das operações. E como isso acontece? Venha saber sobre os implementos agrícolas!

 

Nas lavouras em todo o Brasil, uma preocupação genuína é como tornar as operações agrícolas mais ágeis sem perder a qualidade da operação. Afinal, são muitas tarefas no dia a dia do produtor rural e o atraso de uma demanda pode impactar toda a produção.

 

O uso de tratores no campo já auxilia bastante o produtor, mas ainda é possível tornar os processos mais ágeis com o uso de implementos agrícolas. Nesse sentido, existe a possibilidade de acoplar implementos agrícolas em um trator e tornar aquela máquina mais versátil.

 

A grande vantagem do uso de implementos agrícolas nas propriedades rurais é justamente o aumento da rentabilidade e agilidade na execução de operações, sem perda da qualidade. Dessa forma, com um trator, o produtor rural consegue acoplar vários implementos.

 

No mercado, estão disponíveis diferentes tipos de implementos agrícolas, destinados para as mais diversas atividades do campo. No plantio, por exemplo, o uso de implementos é comum para o manejo do solo, na realização das principais atividades para deixar o solo pronto para a cultura.

 

Mas quando investir em implementos agrícolas e como saber empregá-los corretamente no campo? Você confere as respostas para essas e outras dúvidas neste texto.

 

Confira também quais são os implementos agrícolas mais empregados nas fazendas, como eles trazem ganhos na produtividade e o que considerar na aquisição desses equipamentos no campo.

 

O que são implementos agrícolas na prática?

 

Para quem tem pequenas propriedades ou quer começar a investir na mecanização da sua lavoura, os implementos agrícolas são uma ótima oportunidade de investimento. Eles são ferramentas acopladas em tratores e máquinas agrícolas.

 

Como você viu anteriormente, o mercado agrícola investe na fabricação de tratores, o que permite que produtores rurais possam utilizá-los desde o início do cultivo, com a preparação do solo, até as operações de finalização da lavoura, na colheita de hectares.

 

Além disso, para quem está começando a investir na mecanização da lavoura, os implementos agrícolas servem como uma porta de entrada para o produtor ter uma rentabilidade maior e, consequentemente, começar a investir em outras máquinas agrícolas e tecnologias.

 

Mas é importante saber que, apesar da diversidade de tipos, cada implemento agrícola desempenha uma função dentro do processo produtivo. Além disso, eles precisam estar acoplados em um outro equipamento, já que não conseguem operar de forma independente.

 

Diante dos seus benefícios para a produção, por onde começar a investir em implementos agrícolas para a sua fazenda? No próximo tópico, você irá conhecer os principais tipos de implementos e as suas funcionalidades.

 

Quais são os principais implementos agrícolas?

 

Nas lavouras, o processo de produção precisa ser muito dinâmico. Caso contrário, podem ocorrer atrasos que prejudicam a produtividade da safra. Por isso, é tão comum o uso de equipamentos agrícolas nas propriedades rurais, de pequenas a grandes.

 

Para empregar bem essas ferramentas, seja os implementos agrícolas, tratores, máquinas ou qualquer outro tipo de equipamento, é preciso primeiro conhecer suas funcionalidades. Conheça os principais tipos de implementos:

  • Arados

O primeiro passo de uma lavoura não é a distribuição de sementes pelo campo, mas a preparação do solo. Dessa forma, o produtor rural consegue garantir que o solo da sua fazenda esteja preparado para receber a cultura.

 

E, para isso, o produtor pode contar com os arados, que são implementos utilizados principalmente para revolver as camadas do solo, causando a sua descompactação. Os arados também servem para construção de curvas de nível e auxiliam na fertilidade do solo.

 

Os arados podem ser tanto de discos, que promovem o corte, elevação e mobilização do solo, quanto de aiveca, que eleva, retorce e inverte o solo.

  • Grades

Ainda na fase de preparação para o plantio, o implemento de grades pode melhorar as condições do solo e, consequentemente, trazer benefícios para a semeadura. As grades são capazes de desfazer os torrões de terra e nivelar também o solo.

 

Além disso, em fazendas que se mantém a palhada no solo, ou seja, sem qualquer revolvimento dos restos culturais, as grades conseguem picotar e incorporar esses restos de maneira superficial.

 

Para as operações de revolvimento do solo e gradagem, o produtor ainda encontra no mercado as grades aradoras, que realizam um revolvimento superficial.

  • Subsolador

Com atuação similar à do arado, o subsolador também faz o revolvimento do solo, principalmente em camadas mais compactadas. Por isso, contribui muito para reduzir a compactação do solo.

 

Como benefício, além da descompactação das camadas do solo, o subsolador auxilia também no aumento da oxigenação da terra, bem como na sua drenagem. Um diferencial no emprego de implementos subsoladores nas fazendas é justamente a sua capacidade de atingir profundidades superiores ao arado.

  • Semeadora

Indo para a parte prática do cultivo, é hora de começar a semeadura e, para isso, o emprego de implementos agrícolas também é possível, como o da semeadora, que realiza a distribuição de sementes no solo.

 

Esse tipo de implemento agrícola se desenvolveu muito nos últimos anos, acumulando outras tecnologias como é o caso da possibilidade de fazer a adubação em simultâneo com a semeadura.

 

Além disso, o produtor encontra no mercado semeadoras para tamanhos diferentes de sementes, adequadas para as variedades do sistema de plantio e ainda adaptadas para espaçamentos maiores ou menores.

  • Sulcadores

Utilizado em conjunto com as semeadoras temos os implementos sulcadores, que têm como principal função abrir sulcos na terra para receber as sementes e adubos, por isso o seu nome.

 

Atualmente, em muitas fazendas, são utilizados os sulcadores de disco, que inclusive estão presentes nos implementos agrícolas semeadoras-adubadoras. Mas é possível encontrar também sulcadores de haste e enxada.

  • Pulverizadores

A aplicação de defensivos é uma realidade no campo há muitos anos. Praticamente todo produtor usa os defensivos como único ou principal método de controle e manejo de patógenos. Dessa forma, o uso de implementos agrícolas para auxiliar nesse processo também é possível.

 

O implemento de pulverização tem o estilo de barra, ou seja, conta com um tanque com capacidade de armazenamento do produto e que é distribuído através dos bicos dosadores para fazer a aplicação do produto pelo campo.

 

Viu como é possível ter mais efetividade na produção com o uso de implementos agrícolas? Esses são os principais implementos utilizados, mas é possível encontrar no mercado opções para o manejo de restos de cereais, recolhimento da forragem e muito mais!

 

Por que os implementos agrícolas trazem ganhos de produtividade?

 

Diante da variedade de implementos agrícolas, é possível notar que eles podem ser empregados no campo de forma estratégica para reduzir custos e otimizar equipamentos já presentes no campo. Mas já parou para pensar na produtividade?

 

O uso dos implementos agrícolas tem vantagens positivas tanto em fatores de produção quanto de utilização do tempo de forma assertiva, principalmente quando comparado com o gasto de tempo que ocorre nos trabalhos manuais.

 

Além disso, a adoção dos implementos impulsiona o desenvolvimento da mão de obra, já que os trabalhadores precisam se qualificar para saber operar as ferramentas adequadamente.

 

Por fim, quando se tem maior precisão em cada uma das operações, a probabilidade de ocorrerem erros também diminui. Erros esses que podem impactar negativamente no potencial produtivo da safra.

 

O que considerar na aquisição de implementos agrícolas?

 

Diante dos benefícios e da variedade de equipamentos que podem ser empregados na fazenda para otimizar os resultados do cultivo, pode ser difícil saber por onde começar a investir nos implementos agrícolas. Mas é preciso analisar alguns fatores para não errar na decisão:

  • Tamanho da propriedade

Assim como acontece com máquinas agrícolas, os implementos também são desenvolvidos para necessidades particulares, o que envolve também o tamanho da propriedade, que influencia na compatibilidade do número de linhas e área cultivada.

  • Objetivos de curto, médio e longo prazo

É preciso ter objetivos bem claros ao adquirir um implemento agrícola, pois qualquer valor investido precisa dar retorno para o negócio rural. A melhor maneira disso acontecer é traçando os objetivos de curto, médio e longo prazo.

 

Principalmente se a fazenda passará por uma expansão, tendo certeza que o implemento se torne relevante para o atual momento do negócio e a longo prazo também.

  • Sistema de plantio

Seja com manutenção dos restos culturais no solo ou em fazendas que revolvem as camadas de terra, saiba que os implementos agrícolas também se adequam aos diferentes tipos de plantio. Inclusive, existem equipamentos específicos que facilitam as operações de determinado sistema de plantio.

  • Tipo de solo

Sim, o tipo de solo também influencia na aquisição de implementos agrícolas. Por exemplo, em solos muito compactados, implementos como o subsolador contribuem para a descompactação da terra, além de aumentar a infiltração.

 

Conclusão

 

Os implementos agrícolas são equipamentos que ajudam os produtores rurais na rotina do campo, principalmente pela possibilidade de acoplar diferentes implementos em uma máquina. Com isso, há aumento da versatilidade de máquinas agrícolas e da eficiência nas operações.

 

No texto, você viu como os implementos agrícolas são grandes facilitadores no processo produtivo e porquê investir nessas ferramentas pode ser uma boa solução para negócios que são pequenos e que estão em expansão.

 

Se você não quer errar na escolha do seu implemento, venha conversar com a nossa equipe de especialistas. Assim, você identifica o equipamento ideal para a sua demanda atual e futura!

FONTES:

Aegro – https://blog.aegro.com.br/

Terra Magna – https://terramagna.com.br/

Climate Fieldview – https://blog.climatefieldview.com.br/

Portal Máquinas Agrícolas – https://portalmaquinasagricolas.com.br/


Mais Artigos

É tempo de mulher na Agrobrasilia

    A AgroBrasília 2024 foi palco de mais um capítulo inspirador do movimento #Étempodemulher, consolidando-se como um evento marcante para o agronegócio brasileiro. Nossa participação este ano não só reafirmou o protagonismo feminino no

Plantando o Bem na Unapel! 🌍

Nossa coordenadora de RH, Lorena Borges, lidera nosso programa de sustentabilidade, onde promovemos ações para tornar nossas cidades e local de trabalho mais sustentáveis. Estamos orgulhosamente engajados em duas iniciativas importantes: a coleta de tampinhas

Cadastre para receber nossos conteúdos

CONTATO

Rua Arlindo Gomes Branquinho, 1399
+55 38 9961-4980
contato@unapel.com.br

ST Q.1 – T. L 1.5 – Jardim Panorâmico Setor Ind. II
+55 61 9619-1130
contato@unapel.com.br

Avenida Dr. Lamartine Pinto Avelar, 1776
Loteamento Vila Chaud
+55 64 9918-8897
contato@unapel.com.br

Rua Paulo Rogerio da Silva, 521
Setor Norte
+55 61 9902-1032
contato@unapel.com.br

Olá, Como posso te ajudar?