BLOG | UNAPEL

Custos de produção agrícola: quais os desafios no campo?

custos do plantio

Na atualidade, um dos principais desafios para os produtores rurais é saber controlar os custos de produção agrícola, principalmente frente ao aumento dos preços dos insumos e a comercialização dos produtos. Realizar um controle assertivo dos custos de produção é também uma forma de obter margens de lucros melhores. Venha saber detalhes no texto abaixo!

 

Mesmo o Brasil sendo um dos maiores produtores e exportadores de produtos agrícolas do mundo, uma das dificuldades nas fazendas é o uso inteligente de recursos nas plantações. Afinal, o uso inadequado, o desperdício e o estoque incorreto podem levar à perda de insumos e, consequentemente, aumentar os custos de produção agrícola. Ao olhar por outra perspectiva, temos também a elevação dos preços, ano após ano, desses insumos essenciais na lavoura.

 

O aumento significativo desses preços também faz com que os custos de produção agrícola sejam maiores, exigindo habilidade do produtor rural para equilibrar os gastos e não deixar de adquirir o que realmente é essencial.

 

Esse cenário faz com que, no momento de comercialização, o produtor rural trabalhe com margens de lucro mais apertadas. Assim, mesmo com os recordes anuais de produção em algumas culturas, manejar os custos da produção agrícola é um desafio que tende a se tornar comum no campo.

 

Mas como o produtor rural pode equilibrar a aquisição de insumos essenciais para a produção e as contas, de forma a não ter uma margem apertada de lucro no momento da comercialização? Neste texto, você verá os principais desafios no controle dos custos de produção agrícola e os fatores que influenciam nos preços.

 

Além disso, você poderá entender como a boa administração dos custos de produção pode influenciar no preço comercializado do produto agrícola.

 

Por que monitorar os custos de produção agrícola da safra?

 

Para produzir cada vez mais, o produtor rural precisa obter insumos de qualidade para a sua safra, o que pode ter um preço elevado. Por isso, compreender os custos envolvidos na produção é a forma mais inteligente e prática de tomar boas decisões financeiras.

 

Além disso, se ao final da safra, os custos de produção agrícola estiverem elevados, o produtor rural precisará trabalhar com preços maiores e margens de lucros apertadas para pagar pelas despesas. Dessa forma, pode sobrar pouco para investir no negócio.

 

Com isso, monitorar constantemente as despesas da safra, ter um extrato detalhado do que foi adquirido durante a produção agrícola, ter um objetivo de compra e controlar melhor o desperdício são excelentes dicas para o seu negócio prosperar.

 

Com uma ótima administração financeira, o produtor pode investir parte do lucro na própria fazenda e construir um capital de giro para o seu negócio rural. Outra dica que contribui para aprimorar a precificação é monitorar os custos de produção agrícola.

 

Uma precificação que não observa todos os custos envolvidos tende a errar e reduzir significativamente a rentabilidade da safra. Portanto, o primeiro passo para entender os custos da safra é começar pelos insumos essenciais, como você verá no próximo tópico.

produtor calculando os custos de produção agrícola

A administração dos custos de produção agrícola é importante também para entender onde cortar gastos.

 

O que faz parte dos custos de produção agrícola?

 

Na rotina da fazenda, muitas vezes a aquisição de insumos é feita de forma inconsciente, por se tratar de uma demanda cotidiana. Contudo, não controlar o que entra e, principalmente, o que sai dos estoques da propriedade rural é um ato de risco.

 

Pense na condução de uma máquina agrícola sem qualquer tipo de planejamento, preparação do operador ou ajustes no equipamento. A máquina até pode sair trafegando pela área plantada, mas os resultados podem ser desastrosos.

 

Para não ocorrer o mesmo com as finanças do negócio rural, é preciso entender o que compõe os custos de produção agrícola. São eles:

 

  • Sementes;
  • Fertilizantes e defensivos;
  • Salário da equipe;
  • Água e luz;
  • Máquinas agrícolas.

 

Esses são alguns dos custos de produção agrícola envolvidos no processo de desenvolvimento do cultivo, mas é preciso aprofundar em cada um desses tópicos. Por exemplo, as máquinas agrícolas, em que devem ser considerados os custos com manutenção, reposição de peças, combustível, depreciação de máquinas e outros.

 

Além disso, esses custos podem ser divididos por categoria, como os custos fixos e variáveis. Essas categorias dizem respeito à variação do custo conforme a produção.

 

Enquanto os custos fixos não tem essa diferença, independem de produzir mais ou menos, os custos variáveis apresentam oscilação. Detalhando esses custos, o produtor consegue chegar ao custo médio de produção, ou seja, a soma dos custos fixos e variáveis pelo volume produzido.

 

Quais os principais desafios na hora de administrar os custos de produção agrícola?
custos de produção agrícola também envolvem máquinas agrícolas

Para saber exatamente os custos de produção agrícola e ter uma boa administração financeira é preciso superar desafios na hora de anotar esses custos. Imagem: Juergen Striewski/Pexels

  • Balancear a elevação dos preços com os custos de produção agrícola

Um estudo, divulgado pelo Rabobank, afirma que um dos principais desafios na administração financeira dos negócios rurais está em conciliar o aumento dos preços dos insumos agrícolas com os custos de produção.

 

Os preços dos fertilizantes agrícolas, por exemplo, foram impactados com aumento de mais de 100% em alguns de seus principais insumos, como ureia e cloreto de potássio. Dessa forma, ficou mais caro produzir, visto que os custos com a safra também aumentaram.

  • Falta de controle do consumo de combustível

Em muitas fazendas, com a mecanização dos processos de produção, uma demanda que surge é ter um controle mais rigoroso do consumo de combustível, um dos custos que mais pesam em uma safra.

 

Ter esse controle é a melhor forma de entender o rendimento do combustível, o consumo por máquina, a necessidade de compra e outros pontos essenciais para evitar desperdício e criar estratégias para otimizar o consumo.

  • Acompanhamento das movimentações na fazenda

O acompanhamento das movimentações do negócio rural, ou seja, das receitas e despesas, é uma parte essencial de uma boa administração financeira. No entanto, isso ainda é um desafio para o gestor das fazendas porque, ao conciliar com outras demandas da produção, algo pode ficar de fora do controle de movimentação.

 

Contudo, sem esse monitoramento próximo, é difícil ter uma administração financeira saudável e consciência dos custos da produção agrícola, fazendo com que a conta nunca feche.

  • Um planejamento de safra consistente

O planejamento de safra é como uma bússola. Ele deve orientar o produtor rural nas ações de cada etapa do processo produtivo para uma operação consistente e que esteja alinhada com os objetivos traçados. Esse planejamento vai desde a avaliação do solo, as tecnologias implementadas e passa pela gestão financeira.

 

Sem esse planejamento é muito fácil perder a mão no controle financeiro e exceder os custos da produção agrícola. Diante desses desafios, o produtor rural precisa estar ainda mais atento à sua organização financeira para ter boas margens na hora da comercialização dos seus produtos.

 

Além disso, ao superar os desafios, o produtor tem mais segurança e assertividade para precificar no momento da comercialização. No próximo tópico, você entenderá qual a relação direta entre esses dois aspectos e o que fazer para ter um controle de custos de produção agrícola mais organizado.

 

Como os custos de produção agrícola afetam a comercialização?

 

No texto, você já conferiu que para ter uma boa administração financeira é preciso controlar os custos da produção agrícola. Mas, você sabe a relação entre a comercialização de grãos e os custos de produção?

 

O primeiro passo para ter uma margem de lucro adequada e, consequentemente, rentabilidade com a safra, é entender o que foi gasto para produzir. Em termos práticos, quais foram os custos de produção agrícola para determinada safra.

 

Esses custos entram no cálculo de precificação e sem eles, o produtor rural corre o risco de precificar erroneamente seu produto agrícola. Além disso, a comercialização também se baseia nos preços praticados e na margem de lucro praticada pelo mercado.

 

Custos de produção, preços e margem de lucro praticável são pilares importantes para se chegar no valor ideal de comercialização, que não compromete a capacidade de venda do produtor, nem inviabiliza a produção.

 

Como manter os custos de produção agrícola controlados?

 

Ter margens melhores de lucro, saber identificar os custos e como reduzi-los, conseguir formar um fluxo de caixa e investir no seu negócio rural só é possível a partir de uma administração financeira que funciona. Para isso é preciso entender melhor os custos de produção agrícola.

 

Alguns fundamentos sobre o controle de custos são:

  • Comece pelo planejamento de cultivo

Saber o cultivo que irá trabalhar, os insumos necessários, a semente mais adequada, levantar os recursos e demais ações do planejamento de cultivo são essenciais para ter uma safra mais estruturada e saber o valor de investimento.

  • Fazer a viabilidade econômica da safra

Como saber se, ao final do processo produtivo, você obterá o retorno esperado? Através do cálculo da viabilidade econômica da safra. Com ele, é possível saber de antemão o investimento necessário, os preços praticados no mercado, a lucratividade prevista e o retorno esperado.

 

Isso possibilita que o produtor rural inicie sua safra mais consciente do resultado esperado e possa estabelecer metas realistas para a sua safra.

  • Monitoramento constante das movimentações financeiras

Nada de deixar para anotar as movimentações financeiras da sua fazenda na última hora. É preciso ser rigoroso com o controle das movimentações para não ultrapassar o seu orçamento e acompanhar também todos os aspectos dos seus custos.

  • Concentre as informações em um único lugar

As informações precisam estar à vista, concentradas em um lugar que seja acessível e de fácil compreensão. Se falta organização das movimentações financeiras, é muito fácil deixar um custo passar. Ao final, a conta não irá fechar.

 

Planejamento é a melhor forma de ter uma boa administração financeira

 

Se você chegou até aqui, sabe que o planejamento é a melhor forma de manter a administração financeira do seu negócio rural independente do aumento do preço dos insumos. Com o planejamento adequado, você será capaz de atingir seus objetivos.

 

Mas para isso, é preciso saber quais os custos de produção agrícola envolvidos nos processos e como fazer escolhas inteligentes para reduzi-los sem afetar a qualidade do produto agrícola.

 

Agora que você já entende dos custos, está na hora de conferir detalhes sobre comercialização, para alcançar as expectativas.

 

No nosso conteúdo de comercialização de grãos, você consegue entender mais sobre os principais pontos da comercialização!

 

Para ficar a par das novidades, siga a Unapel no Instagram, Facebook e YouTube, além de assinar a nossa newsletter!

 

FONTES:

Siagri – https://www.siagri.com.br/

Broto – https://blog.broto.com.br/

Aegro – https://blog.aegro.com.br/

Canal Rural – https://www.canalrural.com.br/

Mais Artigos

Plantando o Bem na Unapel! 🌍

Nossa coordenadora de RH, Lorena Borges, lidera nosso programa de sustentabilidade, onde promovemos ações para tornar nossas cidades e local de trabalho mais sustentáveis. Estamos orgulhosamente engajados em duas iniciativas importantes: a coleta de tampinhas

Cadastre para receber nossos conteúdos

CONTATO

Rua Arlindo Gomes Branquinho, 1399
+55 38 9961-4980
contato@unapel.com.br

ST Q.1 – T. L 1.5 – Jardim Panorâmico Setor Ind. II
+55 61 9619-1130
contato@unapel.com.br

Avenida Dr. Lamartine Pinto Avelar, 1776
Loteamento Vila Chaud
+55 64 9918-8897
contato@unapel.com.br

Rua Paulo Rogerio da Silva, 521
Setor Norte
+55 61 9902-1032
contato@unapel.com.br

Olá, Como posso te ajudar?